Subaúma – um lugar de paz no Litoral Norte da Bahia

Que a Bahia tem um dos litorais mais bonitos do Brasil ninguém duvida, mas com tantas belezas naquele que é o litoral mais extenso do país, as vezes fica difícil até mesmo para um baiano conhecer todos os encantos que o estado tem a oferecer. Esses dias finalmente fui conhecer uma das belas praias do Litoral Norte da Bahia. Não estou falando das famosas Praia do Forte, Imbassaí, Sauípe, Guarajuba, Arembepe. Estou falando de Subaúma! Você conhece essa praia pertencente ao município de Entre Rios? Não? Então tá na hora de se planejar para desfrutar um tempo nessa praia que fica logo depois de Sauípe e antes de Conde, Baixio e Mangue Seco.

Você vai me perguntar o que tem em Subaúma? Além de ficar situado entre outras belas praias, o que te possibilita conhecer outros locais do Litoral Norte baiano, Subaúma é uma das localidades mais tranquilas da região, que permite que você desfrute das belezas locais, obviamente da praia, sem muita aglomeração ou presença maciça de outras pessoas. Além do mais, o Pôr do Sol entre os coqueiros é mais uma boa pedida para que não deixe de conhecer essa praia.

Assim como outras praias do Litoral Norte, pertencentes a municípios como Camaçari, Mata de São João e Entre Rios, em Subaúma você vai encontrar um vilarejo, nativos, mercados e restaurantes. Essa praia não tem uma mega estrutura para receber turistas, como as famosas primas Imbassaí, Costa do Sauípe e Praia do Forte, mas sua simplicidade é justamente o diferencial. Se você procura uma praia para se afastar de barulho e buscar o silêncio, a paz, uma conexão maior com a natureza sem muitas pessoas por perto, então você procura por Subaúma.

Além do mais, Subaúma tem um dos resorts mais acessíveis da região. Estou falando do Tree Bies Resort. Por não funcionar no esquema de All Inclusive, as diárias são bem mais baratas do que o Grand Palladium, o Costa do Sauípe, o Iberostar, o Tivoli e o Vila Galé, todos situados em outras praias da região. Com estacionamento privativo e café da manhã incluso, o Tree Bies dispõe não apenas de quartos, mas apartamentos de dois e três quartos, que pode abrigar uma família inteira e com muito conforto. A sala é ampla, a varanda um convite para curtir e jogar com os amigos, além da cozinha totalmente equipada com forno, fogão, geladeira, armários, etc. Os quartos são mesmo bem aconchegantes e ao menos um deles é suíte.

Eu passei pouco tempo aqui. Fiquei apenas um dia no Tree Bies, o que pode ser o ideal se você estiver seguindo viagem pela costa baiana e parando para conhecer outras praias. Se você pretende apenas desfrutar do lugar e seguir viagem no mesmo dia, o resort trabalha com o esquema de Day Use, que custa R$ 80 (por adulto). Crianças até 5 anos não pagam, enquanto crianças de 6 a 11 anos pagam meia.

O tempo foi pouco e me deixou com saudade, pois as quatro piscinas são maravilhosas, sendo duas delas conectadas por um toboágua que anima a criançada. O resort ainda tem uma saída exclusiva para a praia, que te leva para o pedaço da praia mais deserto do vilarejo, mas atenção com o mar. Alguns trechos da praia de Subaúma possuem correntes que merecem atenção, sendo, inclusive, sinalizadas com a bandeira vermelha de perigo aos banhistas. Então, se atente e busque o melhor trecho para se banhar. E nada de se arriscar e ir até o fundo. Uma prainha ali na beira do mar já é o bastante pra revigorar.

Outra boa opção por aqui é o Nano Beach Club, uma espécie de clube para passar o dia, com piscinas e bar, além de uma boa vista e acesso à praia, razoavelmente perto também do Rio Subaúma. Não tenho muitas informações a respeito, pois ainda não visitei esse local, mas costuma ser bem recomendado por quem já esteve por lá.

Quando ir?

Subaúma, como todo litoral baiano, pode ser frequentada em qualquer época do ano. Na Bahia, a depender do ano, as chuvas são escassas, mas quando elas aparecem, os meses que vão do final de março até antes do início da primavera, em setembro, são os mais propícios para um toró, como chamamos a chuva aqui na Bahia. Então, para garantir um solzinho, prefira os meses que vão de outubro a março, mas não descarte os outros meses, pois o tempo aqui é temperamental. No mesmo dia, pode chover, fazer sol, chover de novo, abrir um sol de rachar e por aí vai.

Como ir?

A melhor forma de chegar a Subaúma é de carro. Se você for turista, talvez o mais interessante seja alugar um carro já no aeroporto de Salvador, assim você terá liberdade pra conhecer não apenas Subaúma, mas as demais praias da região, não dependendo de transfer ou agências de turismo. São 111KM partindo do Salvador Bahia Airport, o que, com trânsito normal, dará 1h41 de estrada. Você só precisa pegar a BA-099, duplicada e em excelentes condições no trecho entre Lauro de Freitas e Praia do Forte. Após a famosa Praia, a pista deixa de ser duplicada, mas continua bem sinalizada e em ótimas condições. Lembrando que na altura de Abrantes, em Camaçari, fica a única praça de pedágio, então leve dinheiro para evitar transtornos. O valor para automóveis e caminhonetes aos finais de semana e feriados custa R$ 10,50, enquanto durante a semana fica por R$ 7. Demais informações e valores podem ser consultados no site da Concessionária Litoral Norte (CLN). Depois de pegar a BA-099, você encontrará a entrada para Subaúma, que é a BA-506, que vai te deixar de cara com o paraíso.

Ficou com vontade de conhecer Subaúma? Me conta aqui nos comentários ou me manda uma mensagem lá no Instagram @issabordo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *